Que tosco!!! Crossfit é para meninos? Basta ler…

/

Este vídeo foi há cerca de um ano e meio. O primeiro que publiquei no meu blog. Marca também a primeira vez que entrei numa box de crossfit, neste caso a de Alvalade. Hoje ri-me do que vejo neste vídeo – Bruno Militão foste um “santo”, eu tinha tudo para ser um caso perdido. Mas vou recapitular…


Faço musculação desde os 15 anos
. Como qualquer teenager, noção de treino era quase nula. Naquela altura, o que importava era começar a ganhar músculo para chamar à atenção das miúdas. Levou-me a treinar de forma errada – ainda hoje estou a pagar por excessos de carga que usava só para levantar mais que o tipo que treinava ao lado. Mas foi este contato com a musculação, desde muito cedo, que também me levou a entrar neste “mundo”. Já nessa altura devorava as Muscle&Fitness que o Zé lá do ginásio na Nazaré tanto colecionava. Mandava-as vir dos EUA. Bons tempos: lembro-me de acabar cada treino e ele me preparar logo um batido de proteína sabor a morango. Mas voltemos ao crossfit…

Devido a este “historial” ligado à musculação, fui para a box Crossfit Alvalade de “peito feito”. Crossfit? Enfim… Para meninos? Perceção errada! Ao terceiro exercício estava a vomitar no balde do lixo da box. É verdade, não vale a pena esconder nada. O Ricardo Guedes treinou comigo nesse dia, é testemunha. Acabei o treino. Voltei para casa e fui ler sobre crossfit madrugada fora: cuidados, exercícios, nomes, alimentação… No dia seguinte, estava na box às 8h30. Mais um treino, as semanas foram passando e fiquei fã. Depois seguiu-se a fase da vergonha. Passei semanas a treinar com um pau de vassoura. Olhava para as raparigas a treinar com barra e cargas consideráveis e lá estava o diretor da Men’s Health a treinar com um pau de vassoura. Como sempre diz o Militão: “Tens que engolir o ego!” (risos) Mas rapidamente percebi que sem técnica não iria a lado nenhum. Trabalhámos isso durante semanas: técnica, mobilidade, enfim, treinar com segurança e com racionalismo. Fundamental. Por isso, quando vos dizem que o crossfit é isto ou aquilo, reflitam. Costumo dizer que é mais importante treinar numa box com bons coach do que numa box xpto, com arquitetura de topo e uns kettlebells rosa para elas e de inox para eles… Para além disso, há toda uma incrível componente social. Hoje já vou treinar por mim e porque sei que vou encontrar novos amigos na box. Malta que gosto e que me dá prazer poder estar… Sei que está lá o Militão, a Ju, o Sayal, o Ortiz, o Joni, o César, a Luna, entre tantos outros. E isso estou certo que acontece(rá) com todos os que começarem a praticar crossfit.

Resta-me dizer que, após a minha semana de férias, para a semana regressarei a casa, que é como quem diz às box de Crossfit Alvalade e Oriente. E relacionado com este tema, em breve contar-vos-ei algo muito importante. Abraço e bons treinos.

Partilha
Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestTweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Comentários